Submit your work, meet writers and drop the ads. Become a member
Samir Koosah Dec 2021
Sinto saudades…
Do seu cheiro, dos seus beijos,
Dos seus cabelos.
De te assistir chegando quando estou te esperando
Da forma que fico, sem graça, tímido, quase uma criança
Na sua presença.



Saudades…
Do seu toque, da sua pele, do seu gosto
Dos seus abraços, de te abraçar.
De te segurar até dormir

Da sua beleza, inefável
Do jeito que voce me faz rir
Colocar a palma da sua mão contra a minha,
Das suas unhas roídas…



Passo vontades, doídas, mas que vontades boas!
Julia Jaros Nov 2016
Sozinha eu danço
Mas com você eu não me canso
Quem sabe o que a pista nos reserva?
Eu continuo no balanço.

O coração acelera com o batuque
Medo que você o escute
O que diria?
Adorei a cantoria, vamos repetir
sem você não consigo mais emergir?
Ou
Desculpa, até outro dia
quando o alcool estiver a agir?

Meu bem, dúvidas cruéis
Me congela, confunde os sentidos
Por completo quase perco o juízo
Me confessando para um caderno
enquanto só queria lhe fazer carícias no inverno.

Mas meu bem, queria te perguntar
estamos juntos a balançar?
Fernanda Savaris Jan 2016
e com essa marra sua
eu faço nosso laço
e ajeito nosso passo
como quem se perpetua

e com esse teu jeitinho
eu nos desenho, sem pressa
te encho de carinho
e o delírio me atravessa

na tua cama
contorno as tuas linhas
que eu sei não serem minhas
mas trato como quem ama

e nesse paralelo criado
nesse universo só nosso
eu faço o que posso
pra ver o mundo atravessado

como quem ama
meu bem

— The End —