Submit your work, meet writers and drop the ads. Become a member
giovana zaparoli Feb 2021
que todas as cores
e as dores que eu coloquei em papéis,
os que eu nunca te entreguei,
sirvam de lembrança, de todo esse amor.
(in portuguese)
Lydeen May 2020
Sic Itur Ad Astra.
Assim para as estrelas eu viajarei,
Em tempos de luto e perda,
Através das estrelas e galáxias,
Ao calor fugaz do sol,
Sic itur ad astra.
The stars did a flashmob
on this moon night
in full parking in the open,
Where each car have
a name star, galaxy,
asteroid, comet or a planet,
And the heart doing
a spatial symphony...
Mar Oct 2019
“Se você quer ser um escritor, continue escrevendo”

Encaro em minha frente a folha em branco
canto a canto,
escrevo
porque escrevo?
poesia
retrato minha dor
agonia
e percebo que não mais sei escrever.
eu paro, penso, olho, busco
inspiração
em vão
não sinto mais prazer na escrita
e me irrita; quando desaprendi a escrever?
terrível é a dor do poeta
que sofre ao perceber
o modo como desaprendeu a ver
inspiração no mundo
e ele que não sabes ser nada mais que poeta
nada mais que escrever sobre sua dor
não sofre mais pela vida, pela morte, pelo amor
não sente mais agonia, alegria; caiu na apatia
e a poesia?
desaprendeu…
e o que lhe resta escrever?
metalinguagem…
Next page