Submit your work, meet writers and drop the ads. Become a member
Jan 26
vi-te ser
água que fluiu no nosso corpo
fui um anjo
recordas?
viste-me ser porque me beijaste
antes de quereres ver o sol
contámos o que cruzava o céu
oito
o mês
vi-te ser quando em mim morreu uma parte
quando de facto tinha morrido alguém
e eu não fui mais
como ser quando alguém não existe mais?
como continuar com uma chamada por atender?
vejo-te ser todos os dias
porque ressurgi por tua causa
porque é radiante e feliz o que somos
somos tudo
e eu sou grata
Ana
Written by
Ana
51
 
Please log in to view and add comments on poems